Treinamento Funcional com Elásticos

Características dos Elementos Elásticos para o Treinamento Físico

A utilização da resistência elástica progressiva nos exercícios físicos não é propriamente uma novidade, sendo verificada já na década de 50, ganhando um novo impulso com a popularização das faixas elásticas da marca Thera-BandTM, comercializadas em diversas espessuras e suas respectivas cores, caracterizando assim, as determinadas resistências.

 

Originalmente utilizadas na fisioterapia para aplicação dos exercícios de reabilitação dos pacientes, as bandas elásticas se revelaram uma opção muito atraente como auxílio para se atingir o objetivo, pela facilidade de adquiri-las, baixo custo em relação a outros acessórios e equipamentos para o mesmo fim, podem ser levadas e utilizadas em qualquer lugar, não se restringindo às clínicas; não dependem de sistemas de roldanas como o dos equipamentos tradicionais de musculação que garantem o sentido vertical e alterações das cargas, nem da ação da gravidade, tão pouco de implemento com massa para gerar a carga que promove o efeito, porque tem força própria de retorno ao seu tamanho original.

Seu uso é simples e, com uma única unidade elástica pode-se trabalhar todos os grandes grupos musculares do corpo humano. Outro ponto favorável à utilização deste elemento é a possibilidade de ajustes posturais apropriados para todas as pessoas, um fator controlável, que deveria, mas nem sempre ocorre com certos equipamentos infinitamente mais caros e elaborados.

Novos fabricantes surgiram, assim como o formato dos elásticos em tubos, que com suas conexões para fixação e puxadores nas extremidades, tornaram-se mais funcionais e populares do que as faixas para os trabalhos de força, com diferenciadas composições das fibras, diâmetros internos e externos, tensões, cores e acabamentos.

 

A criação e divulgação dos diagramas curvas de força/deformação hoje são comuns entre os fabricantes; a figura 1 mostra um exemplo, que inclusive confirma uma importante característica dos elásticos: o comportamento não linear entre alongamento e força na fase inicial do alongamento, e linear após os 50% de alongamento do seu tamanho original.

Figura 1

Algumas Aplicações do Treinamento Resistido com Elásticos

- Aplicação dos Elásticos na Prevenção, Tratamento e Reabilitação

- O Treino de Força com Elásticos no Desporto

- Grupos Especiais e Treinamento Resistido com Elásticos

- Propostas Inovadoras para o Treinamento com Elásticos

   No ensino médio escolar

   No âmbito do setor público

   No setor privado

Outras características marcantes e vantajosas do treino com a resistência elástica progressiva são as possibilidades de movimentos em altas velocidades, a eficácia da fase excêntrica do movimento, o alto potencial para os movimentos funcionais abrangentes e um recurso capaz de colaborar na eliminação de gastos exorbitantes para a implantação de uma ou várias estações de trabalho de força na área da educação física ou fisioterapia.

Exemplo da aplicação dos elásticos num exercício abrangente de força.

Treinamento com Elásticos e o Treinamento Funcional

A estreita ligação que o treinamento com elásticos tem com o treinamento de força, tem também com o treinamento funcional. Os elásticos transitam entre o treinamento de força e o treinamento funcional como nenhum outro assessório, e atualmente, não é possível dissociar o treinamento resistido com elásticos do treinamento funcional, um dos métodos de treinamento físico mais utilizados para manutenção ou melhora da saúde ou performance esportiva, capaz de prover melhor equilíbrio muscular e estabilidade articular. Para tanto, é preciso enfatizar a possibilidade natural do corpo de mover-se nos três planos anatômicos, característica comum aos exercícios funcionais, que procuram imitar as situações reais do cotidiano; com movimentos de rotação, com movimentos de diferentes segmentos atuando em diferentes planos, com movimentos em mais de uma fase, cada qual em diferente plano, o que comumente não ocorre com a maioria dos exercícios realizados com as máquinas de musculação.

Por Cláudio Bertolino

Fonte:

Bertolino, C. L. Treinamento Resistido com Elásticos: Teoria e Prática, com Ênfase no Funcional.

   E-book, Fev. 2017, 60p.

© 2016 by Clube da Corrida       >>>>   Siga:

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon